sexta-feira, 27 de junho de 2008

Atletiba literário

Já que estamos em semana pré-Atletiba, que tal um duelo entre escritores atleticanos e coxinhas?
ATLETICANOS

Dalton Trevisan


— Que tanto chora e treme e se desespera? O que tem de mais? Pensa que é a primeira? E a única? Nem é tão ruim assim. Algumas bem que gostam. Uma ruiva, quando eu saía, pediu que voltasse. E quis me dar uma rosa ou cravo, sei lá.
Ofendido e gaguejando.

— Mas eu avisei: "Macho não ganha flor."

Me olhou de soslaio.

— O que eu quero...

Enxugava a cara molhada de suor — e sem tirar o óculo escuro.

— ...vou lá e me sirvo.

Jogou a toalha num canto.

— Ah, se eu tivesse tempo. Porra. Já te ensinava o que é bom. Porra.

Uma hora tinha se passado. Uma hora que, no relógio parado da memória, se repetiria em mil horas inteiras de tortura e terror. E pelo resto da vida quantas vezes seria eu, indefesa no sonho, o pasto de tal bicho espumante de raiva?

Afinal ele parava de tentar. E fechou o zíper da calça.

Paulo Leminski

"esta vida é uma viagem
pena eu estar
só de passagem"

* * *
"CHUTES DE POETA
NÃO LEVAM PERIGO À META"
* * *
"quero a vitória
do time de várzea
valente
covarde
a derrota
do campeão
5 X 0
em seu próprio chão
circo
dentro
do pão"

Cristóvão Tezza

"A idéia da paixão é poderosa não pelo que ela tem de egoísta, de auto-satisfação, pelo isolamento terrível que contém; a idéia da paixão é grande porque melhora o mundo inteiro. É uma idéia que põe uma finalidade nas coisas e uma ética no mundo. A paixão nos esparrama. A paixão nos distribui, como o pão de Cristo, apenas trigo, sem Deus - e sem sofrimento, porque estamos fartos dele, há que se tirar essa gosma dos séculos das nossas costas. E chega de retórica."


COXINHAS

• René Simões

"Minha primeira pergunta ao Juninho era por que ele estava na enfermaria se todos no Coritiba tem plano de saúde da Amil?! Ele falou que o Dr.Valmir tinha estado lá pela manhã e disse-lhe que providenciaria a troca para o quarto. Disse-lhe que ficasse tranqüilo, pois eu não sairia de lá antes que ele fosse removido para um quarto particular."

(!!!!!)

■■■

Como é bom ser atleticano!

12 comentários:

Ennio Santos Filho disse...

Genial esta idéia do blogueiro. Nada melhor do que mostrar que a elite intelectual do Estado é rubro-negra (e só pelo fato de ser atleticana já é uma demonstração de superioridade intelectual). Por isso é insofismável que todo atleticano é superior intelectualmente falando.

ENNIO SANTOS FILHO - ADVOGADO

P.S.: que tal também colocar lado a lado as figuras públicas que torcem pelo FURACÃO e as que torcem pelo coxinha. De um lado teríamos Santos Dumont. De outro lado (e que lado!), a menina que posou nua do remendadão. Gostaram da idéia?

Anônimo disse...

O mais legal do texto é que é o mesmo Renê Simões que não quis treinar o nosso Atlético ano passado quando investimos nele... ehhehehe...

Uma hora serve e na outra não né... ehhehehe...

Anônimo disse...

Por falar nisso o Dalton Trevisan
e vivo ainda tem uma lenda que quase ninguem ve ele de dia.

zezo disse...

Huhauhauauh o "inspetor cluseau" escreveu um livro pra contar que o jogador ficou largado numa enfermaria??? huauhauhahuahu

Ricardo Rocha disse...

Grande Guerrilheiro, sensacional post. Parabéns e continue com este belo trabalho.

Abraço

Fernanda disse...

Sen-sa-ci-o-nal!!! Excelente post Guerrilheiro...

Gostei da sua homenagem a estes incomparáveis atleticanos.

Anônimo disse...

Moeu.

SRN

R.A.K.S.

Gustavo disse...

HEIUAHSIUEHAISUHEIUAHSE. GUERREIRO! este foi seu MELHOR POST!!!!
sério!

Roberval Taylor disse...

Pera lá Guerrilheiro...

Os coxas também tem como torcedor um poeta de expressão nacional, quiçá mundial:

FRANCIS NIGHT !!!!!!!


UHhuaua ahauauusahu suhsu asua sua hsahus auhsuahuhsuhs ausuahsuahsuahu

Anônimo disse...

Guerrilheiro, o Ariano Suassuna é outro Rubro-negro ilustre.

Rubro-negro Bocaiúva

Anônimo disse...

é verdade, o Ariano Suassuna se declarou atleticano !

El Sayed disse...

S-e-n-s-a-c-i-o-n-a-l !