terça-feira, 13 de maio de 2008

Vem mais chororô nas ondas do rádio

Segundo o blog Craques e Caneladas, a recém-criada Futpar (Associação das Entidades de Prática de Futebol Profissional do Estado do Paraná) apóia a idéia lançada pelo Atlético de cobrar das emissoras de rádio pelos direitos de transmissão dos jogos.
A entidade, composta pelos 24 times profissionais da primeira e segunda divisões do estado, foi oficializada na noite de ontem e terá Joel Malucelli como primeiro presidente.
Ainda segundo o blog,
os valores do pacote para a transmissão do o Campeonato Paranaense de 2009 serão definidos no segundo semestre.
Imaginem só o tamanho do chororô, via AM e FM...

5 comentários:

Anônimo disse...

Chupa Transamérica...
Toma Airton Cordeiro velho ultrapassado e político sem vergonha!!!

Anônimo disse...

Rádio é canal para entrar na política só tem pilantra: Carlos e Iris Simões, Algaci Túlio, Ricardo Chab, Ratinho e Ratinho Jr., Tito Zeglin, Bobato, Fábio Camargo, entre outros...
Acorda povão vamos pagar a campanha destes vagabundos, depois votar neles e no final eles nos roubam.
Então que deixem pelos menos parte disso no Furacão...

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Em tempo:

O presidente da associação, Joel Malucelli, é dono de duas rádios em Curitiba: a Globo AM e a CBN... Mas ele falou textualmente: "temos que fazer uma negociação bem feita com rádio e TV".

Vamos ver como ele vai lidar com isso.

Anônimo disse...

Guerrilheiro eu tenho alguns amigos radialistas, todos me falaram a mesma coisa; acham certo pagar... segundo eles tem muitos "piratas" no rádio aqui em Curitiba. O que eles estão achando errado é o Atlético querer cobrar sozinho,se a federação ou a cbf cobrar pelo campeonato todo, eles vão pagar. Guerrilheiro comece a prestar atenção nas rádios que acompanham o nosso querido FURACÃO, eu tive o trabalho de checar todas as rádios. e pude perceber que só duas rádios foram para Ipatinga, a banda b e a transamerica, as outras não foram. eu ouvi as entrevistas pela banda b porque o repórter estava lá. Bom acho que quando for cobrado só as boas rádios vão ficar no mercado. CAP 3 x 0 bambis.

Jeferson Luiz Falavinha

Anônimo disse...

Já seria pesado para uma rádio grande como a Transamérica pagar o valor estipulado pelo CAP,(algo em torno de 450.000,00 por ano), se as rádios tiverem que pagar para todos os clubes, com certeza em pouco tempo não teremos mais transmições radiofônicas no Paraná. Até concordo com a cobrança, pois a audiência do jogo gera receitas às rádios, mas o valor pretendido pelo Atlético é absurdo. É incrível ver a quantidade de alienados aqui, dizendo que vão boicotar tal rádio, eu quero imparcialidade e visão crítica nas narrações, se for pra ficar escutando em um canal oficial (site do time) prefiro nem escutar, isso é coisa de ditador, sejamos imparciais e inteligentes.
Obs: sou atleticano.