sábado, 9 de fevereiro de 2008

Sem comparações (II)

“Em 49 era outro tipo de jogo. Hoje é diferente. A gente respeita o que o pessoal de 49 está falando, mas sabemos que o futebol mudou bastante. E, hoje, nós respeitamos qualquer adversário, independentemente de ser fraco ou não”
Danilo, zagueiro do Atlético, sobre a comparação feita pela Gazeta do Povo entre o time atual e o Furacão de 1949 e as declarações de jogadores daquela época ao jornal.

Nenhum comentário: