sábado, 9 de fevereiro de 2008

O secretário que não está “nem aí”

Enquanto o vice-governador Orlando Pessuti caminha sozinho no intuito de tentar viabilizar Curitiba como sub-sede da Copa do Mundo de 2014, o presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomyde, continua “nem aí” com o assunto, preocupado apenas com o time do qual é diretor e com as eleições que vêm por aí. O Blog Jogando Limpo mostra que, mesmo recebendo um gordo salário do poder público, o jovem comunista está mesmo preocupado é com assuntos da iniciativa privada. A última notícia veiculada na imprensa foi uma viagem à capital paulista representando os coxas para uma “visita de cortesia” aos dirigentes do São Paulo e para conhecer a estrutura e os métodos utilizados pelo clube. Se os coxas querem se abambinar, que o façam, cada macaco sabe onde mete o próprio rabo... Mas o duro é ver um secretário de estado (!!!) fazendo este papel. Há nas funções exercidas por Gomyde um conflito de interesses que torna a cada dia mais inviável sua permanência no governo estadual. Parece que só o governador Requião não viu isso (ainda).

Confira a notícia publicada pelo Jogando Limpo:

Gomyde só quer saber do Coritiba. E das eleições

Mais uma para a coleção de pérolas do nosso “secretário de estado” Ricardo Gomyde. Segundo informa a Tribuna do Paraná desta sexta-feira, o pré-candidato à Prefeitura de Curitiba continua trabalhando mais para o Coritiba Foot Ball Club do que para o governo do estado, cujo salário pelo cargo na Paraná Esporte é bancado por todos os contribuintes – mais precisamente R$ 4.790,24 mensais, relativos a um cargo tipo DAS-1, conforme publicado no site da Secretaria da Administração.

A reportagem do jornal revelou que Gomyde esteve passeando na capital paulista, fazendo “visita de cortesia” aos dirigentes do São Paulo - como diretor do Coritiba, e não como secretário. Aliás, ressalte-se, é muito interessante ver um “líder comunista” do estado estar tão interessado nas práticas mercantilistas, capitalistas e antiéticas adotadas pelo clube paulista.
Cest la vie
, estes são os nossos comunistas...

A matéria da Tribuna não conta se a visita foi realizada num dia útil – o que é muito provável, pois os diretores do clube paulista não iriam perder um feriado ou final de semana para receber o “bambino” Gomyde, não é mesmo? Mas talvez estas viagens servindo a interesses da iniciativa privada possam justificar os gastos gigantescos com ligações feitas pelo telefone celular da Paraná Esporte, como registra o site “Gestão do Dinheiro Público”, do governo paranaense. Somente em dezembro, uma conta da operadora Vivo em nome da Paraná Esporte chegou a R$ 1.454,00 - além de outras contas menores de celulares da autarquia estatal, que provavelmente pertencem a assessores. Os dados de janeiro de 2008 ainda não foram publicados. Logo saberemos de quanto foram as contas de janeiro e fevereiro.
Enquanto isso, o governador Orlando Pessuti tenta, sozinho, levar o governo do estado a encampar a briga para que Curitiba seja sede da Copa de 2014 -algo que beneficiaria toda a sociedade paranaense. Porque o “homem forte” do esporte paranaense, apadrinhado do governador titular Roberto Requião, não está nem aí. Está mais preocupado, muitíssimo mais preocupado, com o seu Coritiba e com as eleições municipais. E nós, pobres idiotas, pagando o salário dele...
Cest la vie
... Estes são os nossos políticos...


NOTÍCIAS RELACIONADAS:

8 comentários:

Anônimo disse...

É uma vergonha!
Não por ele ser diretor paquita, mas por utilizar o dinhiro público para assuntos particulares.
Se a moda de Brasília pegar, o Gaymide logo estará usando o cartão de crédito governamental em sex shops gays...
Rua para este vagabundo!!!

Abs

Carlos

BD disse...

VAMOS LÁ;....

QUAL O MELHOR CANAL PARA MOER ESSE MANÉ, POLITICO FAJUTA. NA VERADADE UM INCOPENTENTE QUE SÓ SE IMPORTA COM O SEU NARIZ. CUIDAR DA POLITICA, SÓ SE FOR DA PROPRIA
UM TROUXA...

QUE ELE SINTA O TAMANHO DE SUA INCOPETENCIA!

Anônimo disse...

Requião tem razão: o negócio é empregar parente !!!

Anônimo disse...

Tem que arrumar um jeito de fazer divulgação em massa disso aí...manda pra Tribuna e Gazeta...vamos desmascarar essa vergonha !!

Anônimo disse...

Caro amigo Guerrilheiro, você não está sozinho nesta luta contra a incompetência e a corrupção. Está claro que muitos querem melar a Copa no Paraná, inclusive o Sr. Gomyde. Precisamos fazer um movimento para alertar a população paranaense sobre este descaso. Não é possível que o secretário de esportes esteja mais preocupado com as mediocridades inerentes ao coxa ao invés de defender os interesses do Estado. Pior de tudo é ver um cidadão chamado Roberto Requião ficar comprando briga com o Judiciário, com as concessionárias de pedágio, com a imprensa, ao invés de estar comprando as verdadeiras brigas paranaenses, como é o caso da Copa do Mundo. Vamos fazer uma mobilização para alertar todos os paranaenses!!

Anônimo disse...

Deixem esse mané na diretoria coxa, o cara só faz cagadas lá, é muito melhor ele lá, é só ver o que as paquitas estão falando dele, em todos os blogs de torcedores, só paquita metendo o pau na diretoria deles.

Anônimo disse...

Quando chegar perto das eleições, aí sim é a hora de descer o cacete nas maracutaias dele.

Zeca disse...

Isso é um tremendo dum picareta, junto com o Nello (Nullo) e o Luizão da Império. Tudo "camarada" do PCdoB. Mas tudo curriola do Onaireves, o deputado de direita cassado, picareta e atualmente preso. Como é que pode?

PCdoB = PICARETAS CANALHAS do BRASIL