segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Mais violência. Agora em SC

Pelo jeito, foi-se o tempo em que podíamos considerar o futebol catarinense como pacato. Pois foi no estado vizinho que aconteceu a última cena de selvageria num estádio de futebol.
O ocorrido deu-se no Heriberto Hülse, em Criciúma, durante a partida entre Criciúma e Avaí. E quem pagou pelo comportamento dos vândalos, como sempre, foi um torcedor pacato que não tinha nada a ver com a confusão.
O aposentado Ivo Costa, de 62 anos, torcedor do Criciúma, tentou livrar-se de uma bomba lançada pela torcida do Avaí que foi parar justamente onde ele estava. O artefato explodiu em sua mão - que mais tarde, no hospital, precisou ser amputada. A partir daí, a torcida do Tigre "contra-atacou" com pedras, paus e copos, e entrou em confronto com a polícia. Muitos torcedores ficaram feridos.
Lá, como aqui, a polícia militar está sendo acusada de não estar preparada para agir no caso de confrontos deste porte.
Lá, como já aconteceu em outras ocasiões, em outros estados, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) vetou a presença de torcidas organizadas em partidas na casa dos adversários (Medida, aliás, inócua. Como impedir torcedores organizados de entrar no estádio? Proibir a entrada de camisetas, faixas e bandeiras não significa que os vândalos estarão banidos do futebol).
Decisões e debates que sempre vêm à tona após tragédias.
Ninguém discute medidas preventivas. Não há um fórum permanente de monitoramento e acompanhamento da situação.
Resta-nos esperar para ver onde acontecerá a próxima barbárie.

3 comentários:

sussudio disse...

_Olá. Ouvi nesta manhã na BandNews FM a parcialidade do Milton Neves criticando nosso Furacão. Teve a imbecilidade de dizer aquele chavão de que estamos na Baixada, enquanto o Coritiba está no Alto da Glória. Sem contar que ele nunca noticia as nossas vitórias.
_O que me indigna é que seu problema é com a diretoria do Atlético Paranaense, e não pode demonstrar sua ignorância contra a torcida.
_O que podemos fazer a respeito?
_Abraços!

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Apenas ignorá-lo... É apenas mais um bolha da imprensa marrom paulista... A opinião deste mau-caráter de nada vale, nem nos afeta.

Guilherme disse...

Milton que?