quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Copa 2014: luta é de todos, diz Pessutti


O governador do Paraná em exercício, Orlando Pessutti, reuniu-se esta tarde na Federação Paranaense de Futebol com o presidente da entidade, Hélio Cury, para tratar da Copa do Mundo de 2014 em Curitiba. Ele destacou que a luta para trazer o evento à capital paranaense é de todos e envolve a classe política, dirigentes de clubes de futebol, a Federação, a Prefeitura de Curitiba, a crônica esportiva e a população de modo geral. “É fundamental para a economia, para o futebol, para Curitiba e o Paraná, que o Mundial seja disputado aqui em nosso estado”, disse, segundo informações do site da FPF.
Pessutti já havia enviado à CBF um ofício solicitando uma reunião com Ricardo Teixeira. Ele informou que está constantemente em contato com a assessoria do presidente da Confederação, Ricardo Teixeira, para agendar a visita, que deverá ser feita poe uma comitiva com o governador, o vice-governador, senadores, deputados estaduais e federais do Paraná, dirigentes de clubes de futebol, da Federação e representantes da Prefeitura de Curitiba, para defender a candidatura de Curitiba a sub-sede da Copa. “Já temos indicativos que a reunião na CBF acontecerá depois do dia 12 de fevereiro até o final do mês. Um dos objetivos da nossa visita à FPF é pedir o auxílio do presidente Hélio Cury e de sua diretoria para que em conjunto possamos concretizar esse sonho, afinal a entidade tem papel fundamental nesse processo”.
Parabéns ao atleticano “Pessutão” pela iniciativa.
Campanhas
Além do poder público, a sociedade também começa a se mobilizar. Segundo informa a Furacao.com, o site Jornale lançou a campanha "Eu quero a Copa em Curitiba", enquanto o webdesigner curitibano Arimathéia - responsável pela WebMotiva, empresa especializada em artes gráficas com sedes em Curitiba e Orlando - lançou nesta semana o portal Curitiba 2014, que também se destina a apoiar a candidatura da cidade para ser uma das sedes da Copa.
* Post atualizado às 15h45 com informações do site da FPF e da Furacao.com.

Nenhum comentário: