sábado, 15 de dezembro de 2007

Petraglia: "o Atlético precisa de no mínimo 25 mil sócios"

O CAP não poderá nesses próximos anos deixar de ter no mínimo 25 mil sócios até a conclusão da Arena. E depois 40 mil, que será o limite da nossa capacidade. Até este momento, depois de 12 anos de transformações, tudo que foi prometido, tudo que foi possível para nossa grandeza e recuperação da defasagem existente entre os clubes considerados grandes e o nosso CAP, foi conseguido. Daqui para frente, o desafio, as metas e os objetivos não serão alcançados se não houver a conscientização e o engajamento necessário dos torcedores ao projeto. Os considerados milagres até hoje conseguidos que marcaram esta "era Petraglia" não serão mais alcançados pelas dificuldades que no negócio futebol surgiram - Leis Pelés, agentes FIFA, procuradores e outras. Desta maneira, o planejamento, as estratégias e as táticas adotadas até este momento não surtirão mais efeitos. Por esta razão, que estamos pedindo a participação e o engajamento de todos para que o nosso Atlético Paranaense não seja levado proporcionalmente, após Copa do Mundo, a ser menor que fomos, quando do início dos trabalhos da transformação conseguidos.
A frase é de Petraglia, em entrevista ao site oficial.
Concordo que o número de sócios do Atlético é pífio em relação à grandeza do clube e de sua torcida. Mas acho que os planos para levar o torcedor a se associar em massa devem ser um pouco mais atraentes.
Aliás, fica a pergunta: como será o plano de sócios para 2008? Os valores serão mantidos? E o preço dos ingressos? Agora, definida a prorrogação dos mandatos nos conselhos, creio que este assunto deve ser colocado para a torcida o quanto antes.

Nenhum comentário: