quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Chapa quente

Em sua coluna desta quarta-feira na Tribuna do Paraná, Augusto Mafuz sugere a formação de uma chapa para assumir o clube durante os dois próximos anos, encabeçada por Mario Celso Petraglia e trazendo de volta dirigentes importantes na história do clube, como Marcus Coelho e Valmor Zimermann. Começando pelo médico Edílson Thielle, que, segundo o jornalista, já teria sido convidado por Petraglia para retornar ao Atlético. Realmente, seria uma chapa quente, quentíssima. Um "dream team" da cartolagem rubro-negra. Só faço uma ressalva: Ademir Adur, agora empresário de jogadores, não deveria, na modesta opinião deste guerrilheiro, assumir cargo algum no clube.
Confira a coluna do Mafuz:
Sugestão
Voltem à carta de Mário Celso Petraglia. Sejam quais foram as razões que ele tenha se utilizado para querer que a assembléia (sócios) se reúna, não fez nenhuma ressalva: não se excluiu como candidato a presidente e não excluiu nenhum sócio para a eleição. Apenas, e tem absoluta razão, quer uma eleição dentro da ordem estatutária do Atlético.
Pois bem, como não existe nenhuma condição imposta por Mário Celso, a não ser uma decisão da assembléia, eis uma singela sugestão que faço aos sócios para a formação do Conselho de Gestão para o biênio 2008/2010:
Coordenador Presidente: Mário Celso Petraglia
Coordenador de Futebol: Valmor Zimermann. Como Ademir Adur não é sócio, seria convidado para ser diretor de futebol;
Coordenador Financeiro e de Patrimônio: Ênio Fornea Júnior. Como as finanças estarão obrigatoriamente associadas à construção da segunda fase da Arena, essa coordenação ficaria ligada à presidência. O que facilita, é que Petraglia e Ênio se entendem.
Coordenador Jurídico: Dr. Marcus Malucelli
Coordenador de Marketing: Mauro Holzmann
Coordenador Médico: Dr. Edílson Thielle, que aliás já foi convidado por Mário Celso para retornar ao clube.
Coordenador de Comunicação: Dr. Marcus Coelho. Sua função seria representar o Atlético publicamente, relacionar-se com a imprensa, e o Clube dos 13.
Presidente do Conselho Deliberativo: Tataio Bettega.
Não é um sonho que tenho. É uma sugestão possível, na medida em que, repito, Mário Celso não excluiu ninguém que está dentro do estatuto.
E porque uma vez me falou que “todos nós cometemos pecados, mas nenhum mortal”. E é verdade, tratando-se de Atlético só existe um deus e muitos santos.
Os sócios que recortem a sugestão e a levem para a Assembléia de sexta-feira, dia 14, 18h30. Com essa diretoria, com um regimento interno que não permita a invasão de poderes, o Atlético terá um crescimento maior que o da China.

3 comentários:

Anônimo disse...

Valmor Zimerman, complicado, não sei se seria benéfico para o clube

aliás se os caminhos traçados fosse outros, talvez agente estaria jogando no Pinheirão até hoje, e o shoping Curitiba teria um grande concorrente em sua região.

Anônimo disse...

Ademir adur só a titulo de curiosidade é dono de 50% do passe do Keirrison...jogador do coxinha.

Anônimo disse...

nao entendi a sugestão do ênio fornéa... se tem um departamento do atlético que funciona impecavelmente é o financeiro... o mafuz é um excelente jornalista, mas pelo visto é um péssimo profissional de RH