quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Reconhecimento

Se tem um jogador que merece ser elogiado pela torcida, é o Claiton. Chegou por aqui desacreditado, foi duramente criticado em suas primeiras apresentações - quando entrou numa gelada naquele time do primeiro turno, que estava numa tremenda má-fase. E não só pela torcida, mas também pela imprensa.
Mas o cara deu a volta por cima, firmou-se como titular e hoje é o símbolo da raça rubro- negra dentro de campo. Ontem, novamente, foi um dos melhores em campo, ao lado do Ferreira. E quando a torcida momentaneamente se calava, ele era o primeiro a chamar o povão para participar do jogo.
Esse é o Claiton, o Predador da Baixada.

Um comentário:

Sabine Klimt disse...

a melhor coisa foi ele se tornar o capitao!!!Garra, força, raça!!!