quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Orgulho

Coluna de Augusto Mafuz desta quinta na Tribuna do Paraná:
Fatos
Estive no Rio de Janeiro e passei pelas Laranjeiras. Não ia lá havia 21 anos. A última vez foi em 1986 para acertar o contrato de Washington.
Na entrada, a velha catraca mecânica. Vencida, vê-se o mesmo cenário: o campo de grama irregular, o vestiário pequeno em que os jogadores se apertam, e o ambiente presunçoso de uma grandeza que se traz do passado.
Saí de lá pensando no Atlético Paranaense. É o exemplo de que é possível crescer sem renunciar os valores do passado. Saí pensando. E orgulhoso.
***
Não pense que a ausência de Ferreira, no jogo do Atlético, em Caxias do Sul, será relativa e de pouca influência. Ao contrário, é de se presumir que será grande, pois a boa fase do time rubro-negro está associada ao colombiano.
Aliás, por falar em colombiano, fiquei sabendo que haviam mandado dispensar Valencia, que retornara a Colômbia. O excepcional jogador só voltou porque não encontrou clube, e pediu a Viáfara para ter mais uma chance.

Nenhum comentário: