terça-feira, 23 de outubro de 2007

Mesmo parado por 90 dias, Alex ainda está na briga pela Chuteira de Ouro

Reportagem da Tribuna do Paraná desta terça-feira lembra que falta pouco para o retorno do ídolo Alex Mineiro aos gramados.
Provavelmente estará liberado para a partida contra o Grêmio, dia 31 deste mês, na Baixada. Justamente o Grêmio... Ironia do destino.
“É um jogador que requer um certo cuidado, pois teve uma lesão grave. Prefiro não colocar data para ele voltar. Está tendo uma evolução satisfatória. Se o departamento médico e a comissão técnica acharem interessante ser usado contra o Grêmio e se o atleta estiver confiante, talvez possa jogar. Pela qualidade do atleta, quanto mais rápido puder utilizá-lo, melhor. Mas temos que avaliar qual é o melhor momento”, disse o técnico Ney Franco em entrevista ao jornal.
Mas o mais interessante disso tudo é que, mesmo após 90 dias (18 rodadas) afastado devido ao pontapé na cara que levou do Tcheco, Alex continua firme no páreo para conquistar a Chuteira de Ouro da revista Placar: está a apenas quatro pontos (o equivalente a dois gols) do segundo colocado, Josiel, e seis pontos (3 gols) do primeiro, Dodô. A conquista do troféu seria mais do que um prêmio, seria uma homenagem a este que é o grande artilheiro do futebol brasileiro na atualidade, o matador do título brasileiro do Rubro-Negro. Pois, se não tivesse ficado parado por tanto tempo, "Mina" já teria aberto pelo menos uns 10 pontos na primeira colocação.
Torçamos, pois, por uma recuperação rápida e plena para Alex Mineiro. Que ele possa voltar o quanto antes a vestir a camisa rubro-negra, marcar seus gols, ajudar o Furacão a conquistar a vaga na Sul-Americana e ainda de quebra conquistar a Chuteira de Ouro.
Seria um final de temporada para salvar o ano.

Nenhum comentário: