quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Chama o segurança!

Essa é mesmo pra dar risada. O Grêmio, cujos atletas estão literalmente "quebrando" jogadores de tudo quanto é time neste Brasileirão - vide o que fizeram com Alex Mina e com Evandro -, agora estão pedindo à CBF e ao Clube dos 13 "que adotem medidas especiais de segurança" para a partida de quarta-feira que vem, na Baixada.
Mas bah, tchê! Estes gremistas estão cada vez mais parecidos com os bambis. Até uma auditora do STJD acusou o time gaudério de ser violento, e agora querem se fazer de vítimas antecipadamente, tentando causar um clima tenso para o jogo na Arena.
Pois bem, caros gremistas. Podem vir sem preocupações. Aqui, o negócio é paz. A partida vai ser, sim, um inferno para vocês. Mas vai ser na bola, na raça e no gogó da torcida fanática. Fiquem tranqüilos, até porque não temos nenhum Tcheco em nosso time...
Aliás, e falando bem sério, sugiro à direção do Atlético que tome, aí sim, as devidas providências para adotar "medidas especiais de segurança" no local reservado à torcida visitante, pois os vândalos farroupilhas do Grêmio são terríveis, perigosos e irresponsáveis - vai que ficam "loucas" e decidem tacar fogo em tudo, como fizeram aquela vez no Beira Rio, lembram? Foi um dos espetáculos mais deprimentes da história do futebol brasileiro. E o presidente do Grêmio, Paulo Odone, ainda tem a coragem de criticar o STJD, que teria dado uma punição "muito severa" para o clube por causa desse episódio... Quaquaquá!
Te cuida, Diogo Portugal. Esses gaúchos são bons de piada.

Um comentário:

Anônimo disse...

fala atleticanos...sou colorado,e peço q vcs atropelem esse timeco da azenha bi rebaixado,time violento e marginal...ah,e cuidem do estadio de vcs,pq senaum eles vaum qebra tudo...no maraca no ultimo domingo,eles foram pegos ateh com granada lah n rio...olho aberto neles