domingo, 23 de setembro de 2007

Que seja sempre assim!

Após a partida, jogadores foram comemorar com a galera.
Que beleza ver essa multidão fanática lotando a Baixada e empurrando o Furacão pra cima do adversário, trazendo à tona novamente o melhor espírito do atleticanismo. Quando isso acontece o time pode até não vencer, mas os jogadores nunca deixarão de se doar ao máximo, jamais jogarão sem raça e vontade.
E foi isso o que se viu neste final de tarde de domingo: a torcida insandecida nas arquibancadas e os atletas respondendo com determinação total, disputando cada bola como se fosse a última. O resultado não poderia ser outro, senão a vitória sobre o time das várias vilas.
Como é bom ver Ferreira recuperado, jogando novamente aquele futebol que o transformou em ídolo da Nação atleticana, e, mais que isso, marcando, pegando, roubando a bola do adversário. Da mesma forma o Claiton, que quando chegou por aqui foi visto com antipatia pela maioria da torcida e agora está conquistando a todos pela garra com que veste a camisa rubro-negra. Como é bom ver o Netinho, outrora tão criticado, jogando como maestro do meio-campo. Como é bom poder começar a confiar de verdade no Viáfara. E como é bom ver que a diretoria acertou na contratação do camisa 9 Marcelo Ramos.
Com a vitória, o Furacão saltou cinco posições na tabela (passou Goiás, Figueirense, Corinthians, Flamento e Atlético-MG) e chegou à 11ª colocação, com 35 pontos.
Que esse alto astral continue para os lados da Baixada. Mas é bom manter os pés no chão. A situação na tabela ainda não é das melhores (apenas dois pontos nos separam da zona de rebaixamento) e o próximo jogo será uma pedreira, contra o Náutico, nos Aflitos. O Timbu venceu as últimas quatro partidas e será carne-de-pescoço. O importante é o time jogar com a mesma raça e determinação que mostrou nas últimas partidas.

Nenhum comentário: