quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Quanta diferença

Deus do céu, quanta diferença entre os blogueiros da Globoesporte.com... Entrei no blog do torcedor do Náutico, o "Timblog" e tive o prazer de me deparar com este texto:
"A estrutura do clube, que tem origem alvirrubra (do América) e alvinegra (do Internacional), que se uniram em 1924, para formar o rubro negro Atlético, no bairro de Água Verde, também me chamou a atenção. O CT (fantástico) e o estádio Joaquim Américo, que, num 24 de junho de 1999 (exatamente no dia em que eu completava 36 anos) inaugurou a Arena da Baixada, me encantou. A atual Arena Kyocera é um espetáculo. Limpa, organizada, bonita, moderna. E, o que é melhor: Com uma bela torcida (literalmente – em todos os seus significados).
Ao longo dos anos, assisti vários jogos. Desde partidas amistosas, até disputas oficiais em Libertadores da América, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Paranaense.
Lá, tive acesso a todos os locais do estádio. Fui aos vestiários. Vi entrevistas. Até entrei em campo, para tentar defender um pênalti de um anão (numa promoção de um celular), na final da Copa Sul-Minas, entre Atlético-PR e Cruzeiro (de Sorin).
Vi os jogos das arquibancadas (desde o retão, até atrás dos gols ou com os Fanáticos), cadeiras, poltronas vips e camarotes. Vi o Atlético golear o Santa Cruz, pela serie A. Vi uma derrota para o Sport, pela Copa do Brasil e uma vitória, pela primeira divisão. Vi Adriano Gabiru perder um pênalti na Libertadores da América, contra o Atlético-MG. Mas vi equipes como Olmedo, América de Cali, Emelec. O Santos com Robinho e Diego. O São Paulo, com Kaká, Rogério Ceni e Julio Batista. Fui a alguns clássicos contra o Paraná e o tradicional Atletiba – e nunca vi o Atlético perder um desses jogos que presenciei, in loco."
O autor do "Timblog" é Milton Neto, pernambucano que morou alguns anos em Curitiba, onde trabalhou no HSBC. Aos 44 anos, ele é advogado e pós graduado em Gestão em Direito Empresarial (com marketing esportivo). Sabe do que fala. Bom texto, bem argumentado, maduro, sem rancores ou paixões cegas. Um belo exemplo para outros "piás" que a Globoesporte.com convocou para blogar e que utilizam o veículo para externar suas frustrações infantis.
Parabéns, Milton. Espero que dê Atlético no sábado, é claro. Mas com certeza estarei torcendo, no restante do campeonato, para que o simpático Timbu faça uma boa campanha e permaneça conosco na primeira divisão, deixando a vaga para o inferno com o time das vilas.

Nenhum comentário: