sábado, 1 de setembro de 2007

Para matemático, Atlético tem 55% de chances de ser rebaixado

Não precisa ser matemático para ver que a situação do Atlético neste Campeonato Brasileiro é delicada: basta olhar para a tabela de classificação. Mas quem entende mesmo de estatísticas, como Tristão Garcia, arrisca colocar em percentuais o risco de rebaixamento para cada equipe. Em entrevista ao Site Globo Esporte, Garcia sepulta as esperanças dos torcedores do América-RN: segundo ele, o "Mecão" tem menos de 1% de chances de se manter na Série A. Nas contas do matemático, Juventude e Náutico estão também com a corda no pescoço, somente à espera de que alguém chute o banquinho. Já o Furacão, se ainda não está lá, é o próximo da fila, com 55% de chances de cair.
Nas contas dele, o time que conquistar 49 pontos poderá respirar aliviado ao fim das 38 rodadas do Campeonato Brasileiro. Temos 23; faltam 26, em 16 rodadas. Ou seja, oito vitórias e dois empates, no mínimo - um aproveitamento superior a 50%.

Abaixo, a lista dos ameaçados e a respectiva chance de cair:

Juventude 83%
Náutico 70%
Atlético-PR 55%
Corinthians 20%
Paraná 18%
Figueirense 17%

Nenhum comentário: