domingo, 5 de agosto de 2007

Vai clarear

A virada sofrida no Recife acendeu o sinal amarelo na Baixada. Além da derrota em si, foi preocupante o abatimento do técnico Antônio Lopes após a partida contra o Sport. Quando o comandante está abatido, o sinal é de que a coisa não está boa mesmo. Ganhar do Flamengo na quarta-feira tornou-se mais do que uma obrigação. É uma necessidade básica.
Para o segundo turno que se aproxima, espera-se que a entrada de Ramon dê um mínimo de criatividade ao meio-campo, para que as chances de gol não seja tão raras.
A coisa está ficando preta. Mas não tem absolutamente nada perdido. Dá tempo de clarear.

Um comentário:

Fastolf.b disse...

Eu fiquei é com vergonha. Muita vergonha!