quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Que tristeza

O Atlético começou bem a partida, marcou a saída de bola do Santos sem dar espaço e ainda abriu o marcador. Mas não demorou a sucumbir à pressão do adversário e acabou, novamente, derrotado. Desta vez por 3 a 1.
Pouco adiantou a presença de Pedro Oldoni no ataque, pois o setor de criação, no meio campo, foi inoperante - principalmente depois que Ramon cansou (o que não tardou a acontecer).
Mas a maior decepção ficou novamente por contado colombiano Ferreira... Simplesmente não dá mais para agüentar estas atuações insossas de quem se esperava que fosse o "cabeça-pensante" do time, de quem se esperava velocidade, habilidade e precisão. As atuações de Ferreirinha não têm passado de medianas. Na partida desta noite, perdeu um gol de forma bisonha, já sem goleiro, sem zagueiro, sem obstáculo algum. OK, a partida já estava 3 a 1, mas não importa. Um profissional não pode perder um gol daquele sem passar impune. E já não é o primeiro gol que perde - aliás, nem me lembro mais quando foi que o colombiano marcou pela última vez.
Para mim, Ferreira já deveria estar na reserva. A questão é: se ele não tem capacidade para ser titular, quem no elenco o tem?
Assim, nos resta rezar para que ele retome o bom futebol que já demonstrou um dia...

Nenhum comentário: