terça-feira, 21 de agosto de 2007

Atlético, governo e prefeitura apresentarão candidatura à Fifa

Materia publicada hoje na Gazeta do Povo:
Governo estadual, prefeitura e Atlético definiram ontem como será a apresentação da candidatura curitibana à Copa 2014 aos representantes da Fifa. O evento deve ser possivelmente sexta-feira ou sábado, no Rio de Janeiro. Ainda falta a confirmação oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
Conforme o programa da entidade que comanda o futebol mundial, além da capital paranaense, Belém, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Maceió, Manaus, Natal, Recife/ Olinda, Rio Branco e Salvador também irão mostrar seus projetos.
Dessas 13 pré-candidatas, tudo indica que apenas cinco (no máximo sete) serão indicadas como subsedes do Mundial. São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília estariam de antemão garantidas.
“Iremos apresentar um vídeo de Curitiba, outro do Paraná e também algo do estádio [a Arena]”, diz o secretário de Turismo do Estado, Celso Caron. “Após apresentarmos um caderno de encargos com fôlego, agora entraremos em uma fase mais decisiva”, completa ele. O político será um dos oradores na solenidade feita para seduzir os delegados da Fifa.
O secretário municipal de turismo, Luiz de Carvalho, assim como o diretor de marketing do Atlético, Mauro Holzmann, estiveram na reunião desta manhã e devem completar a comitiva local na cerimônia marcada para o Windsor Barra Hotel.
Conforme o rito préestabelecido, todas as candidatas terão apenas 30 minutos para apresentar vídeos e mais meia-hora para esclarecer possíveis dúvidas. Cada cidade ocupará uma sala independente, podendo assim decorá-la como achar melhor.
Governo estadual, prefeitura e Atlético definiram ontem como será a apresentação da candidatura curitibana à Copa 2014 aos representantes da Fifa. O evento deve ser possivelmente sexta-feira ou sábado, no Rio de Janeiro. Ainda falta a confirmação oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
No caso de Curitiba, programou-se a exibição de filmes institucionais do estado e município, além de um inédito sobre o projeto de conclusão do Joaquim Américo. Cartazes também serão utilizados. A apresentação deve ser oral (em inglês).
Em relação aos dados técnicos, definiu-se no encontro que será preparado um documento em Power Point com especificações sobre transportes, rede hoteleira e hospitais, três dos principais temas de interesse da Fifa.
A direção do Rubro-Negro não quis se pronunciar sobre detalhes envolvendo o planejamento. “A campanha é do estado. Então somos apenas ouvintes”, limitou-se a dizer Holzmann. No entanto, o governo já definiu a participação do clube no encontro. “Para falar da Arena e não da Kyocera Arena, pois a Fifa não aceita nomes com propagandas”, adverte Caron.

Nenhum comentário: