terça-feira, 31 de julho de 2007

Qualquer semelhança...

"Passei agora ali e tinha uma meia dúzia gritando 'fora, fora', fora'. Algum de vocês diga a eles que a eleição foi em outubro e o mandato é de quatro anos. As pessoas acham que podem gritar 'fora, fora', 'não gostei' ou 'li que o presidente não vai sair mais, vai ficar dentro do gabinete' (por causa das vaias). Quem acha que pode me vencer na rua, pode tirar o cavalo da chuva. Só acho que o presidente não pode fazer campanha os quatro anos (...) E querem que eu resolva em quatro anos o que não resolveram em 100?"
A frase acima foi dita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje à tarde, durante lançamento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em Campo Grande (MS).
Qualquer semelhança com o momento vivido pelo presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mário Celso Petraglia, é mera coincidência. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, é claro. Mas garanto que tem muita gente que votou no Lula e considera exageradas, antidemocráticas e até ofensivas as manifestações que sugerem o afastamento do presidente, mas que por outro lado defendem igualmente o afastamento ou a renúncia de Petraglia do cargo para o qual foi eleito de acordo com as normas do clube.
Considero a segunda gestão do Lula no Planalto um fiasco completo. Nem por isso defendo um golpe ou o seu afastamento. Críticas podem e devem ser feitas. Mas querer que ele deixe o cargoou de lá "seja tirado", só porque eu tenho esta opinião, seria muita ignorância. Creio que o mesmo pensamento sirva para o nosso Atlético.

Nenhum comentário: